Inscreva-se na Newsletter

Inscreva-se na nossa Newsletter e receba actualizações e notícias da CJP-CIRP no seu e-mail.




Contador de visitas

mod_vvisit_counterHoje192
mod_vvisit_counterOntem577
mod_vvisit_counterEsta semana1372
mod_vvisit_counterÚltima semana3881
mod_vvisit_counterEste mês6213
mod_vvisit_counterÚltimo mês13084
mod_vvisit_counterTotal515565

Visitantes Online: 9

Login

Comissão Justiça e Paz - CIRP
Ladrões do futuro e o livro da hospitalidade Versão para impressão
Segunda, 01 Junho 2009 00:00

A CIMI (Comissão de Justiça e Paz da Conferência dos Institutos Missionários na Itália) enviou uma carta aberta a todos os Italianos que queiram olhar serenamente o futuro. Apresentamos aqui a sua tradução.

Não queremos estar entre os cúmplices deste roubo! Não aceitamos, e jamais aceitaremos, que este país continue a roubar vidas e futuro a milhares de migrantes.
Nós, missionários, vimos o mundo a partir da outra margem do Mediterrâneo e foi-nos dado ouvir e tocar esperanças e misérias. Destas últimas, as causas estão frequentemente localizadas nesta margem do mar.

Continuar... [Ladrões do futuro e o livro da hospitalidade]
 
Seminário "Parar a Violência" Versão para impressão
Segunda, 25 Maio 2009 10:42

No dia 27 de Maio de 2009 vai-se realizar o Seminário "Parar a Violência".
Este terá inicio às 17h na Fundação Cidade de Lisboa, Campo Grande 380 (mapa)

 
Um grito abafado que é urgente escutar Versão para impressão
Domingo, 24 Maio 2009 00:00

2009-05-24_grito_abafado_1O tráfico de pessoas é uma realidade há muito presente, mas da qual só ultimamente temos vindo a escutar na comunicação social. Os números são alarmantes; a confirmá-lo está o resultado económico procedente desta actividade criminosa, já equiparada ao negócio da droga e das armas.

O nosso país foi um dos primeiros a assinar a Convenção do Conselho da Europa. O Plano Nacional de Luta Contra o Tráfico de Pessoas - considerado um dos melhores da Europa - está em vigor e são muito os esforços que estão a ser feitos pelos organismos competentes.

Devido à complexidade do problema, não podemos deixar este tema apenas com as forças policiais que actuam no terreno. São sobretudo mulheres que, na busca de um emprego que as faça sair da extrema pobreza, se encontram prisioneiras de redes que não olham a meios para atingir altos lucros a nível económico.

Continuar... [Um grito abafado que é urgente escutar]
 
O Desenvolvimento tem a ver conosco Versão para impressão
Domingo, 26 Abril 2009 00:00

2009-04-26_DesenvolvimentoA segunda edição de “Os Dias do Desenvolvimento”, promovida pelo Instituto Português de Apoio ao Desenvolvimento, tem lugar nos próximos dias 28 e 29 de Abril, nas instalações da FIL. Diversas organizações ligadas ao mundo religioso participam no evento. Enquadra-se na promoção dos ODM (Objectivos do Milénio), aprovados na Declaração do Milénio, adoptada no ano 2000 por todos os 189 Estados Membros da Assembleia Geral das Nações Unidas. O dealbar de um novo milénio, com todo o simbolismo que o acompanhava, lançou a Humanidade num processo de cooperação global para uma maior felicidade de todos. Desenvolvimento tornou-se a palavra que exprime esse sonho e o caminho a percorrer para o concretizar.

Continuar... [O Desenvolvimento tem a ver conosco]
 
Lágrimas do Darfur Versão para impressão
Quarta, 18 Fevereiro 2009 23:00
2009-02-19_Lagrimas_DarfurÉ uma tarefa cativante entrar na leitura deste livro.

- É um mergulho numa cultura bem diferente da nossa, que nos mostra a vida humana como muito mais do que aquilo em que nós eventualmente a queiramos encerrar; que a alegria de viver é feita de pequeninas coisas que acabam por dar-lhe uma dimensão quase infinita; que a nossa visão europeia e ocidental, por mais escudada que esteja no conhecimento e na técnica, não tem o exclusivo da sabedoria nem do desenvolvimento; que os afectos, a solidariedade e  a compreensão vividos numa família constituem uma riqueza profunda, contrastando com o empobrecimento em que se caiu para estas bandas; é um entrar numa cultura em que a comunidade é percepcionada como algo que protege, dá sentido à vida, mas  também  responsabiliza. Tudo isso nos faz pensar e nos ensina.

- É um aperceber-se de como se constrói um projecto de totalitarismo e domínio, de racismo e discriminação, que qual bola de neve se torna cada vez maior e mais incontrolável, onde se perde  o sentido da dignidade, do respeito, numa palavra, o sentido da pessoa.
Continuar... [Lágrimas do Darfur]
 
<< Início < 51 52 53 54 55 56 58 Seguinte > Final >>

Pág. 58 de 58