Inscreva-se na Newsletter

Inscreva-se na nossa Newsletter e receba actualizações e notícias da CJP-CIRP no seu e-mail.




Contador de visitas

mod_vvisit_counterHoje277
mod_vvisit_counterOntem554
mod_vvisit_counterEsta semana2596
mod_vvisit_counterÚltima semana2631
mod_vvisit_counterEste mês6464
mod_vvisit_counterÚltimo mês9532
mod_vvisit_counterTotal601492

Visitantes Online: 6

Login

Nova era nas migrações Versão para impressão
Sábado, 08 Janeiro 2011 23:36

20110109_migXI Encontro de Formação de Agentes Sócio-Pastorais

A primeira década do terceiro milénio constitui uma oportunidade incontornável para analisar a forma como a sociedade portuguesa aborda a problemática das migrações. E com a expectativa de que, desse estudo, resultem ideias e atitudes inovadoras para lidar com a mobilidade humana.

O XI Encontro de Formação de Agentes Sócio-Pastorais das Migrações irá oferecer um contributo a esta análise e propor acções que incluam as pessoas migrantes em projectos de construção social, económica, política e religiosa dos contextos em que se inserem. Este ano, o responsável no Vaticano por este sector da pastoral estará presente no Encontro que decorre em Fátima, entre os dias 14 e 16 de Janeiro de 2011. D. Antonio Maria Vegliò, Presidente do Conselho Pontifício para a Pastoral dos Migrantes e Itinerantes fará a conferência conclusiva do encontro, onde analisará o tema "Mobilidade humana e evangelização: desafios de um novo milénio" No XI Encontro, investigadores e analistas com estudo aprofundado nas temáticas referentes à importância das migrações nas sociedades contemporâneas - como António Vitorino, Roberto Carneiro e Rosário Farmhouse - oferecerão perspectivas sólidas ao trabalho desenvolvido nas Cáritas Diocesanas, nos Secretariados da Mobilidade Humana e noutros grupos e pessoas que trabalham com os migrantes.
Por outro lado, a análise às questões centrais que afectam as comunidades migrantes serão apresentadas pelos próprios migrantes; também pelos sectores (economia e trabalho, religião, comunicação social, direitos humanos) que permanentemente atendem aos desafios da mobilidade humana. A realização destes Encontros, sempre por ocasião do Dia Mundial do Migrante e Itinerante, constitui uma oportunidade de estudo e encontro para mulheres e homens que, todos os dias, têm por prioridade a atenção à resolução de problemas que afectam as comunidades migrantes. Tanto as que procuram a integração crescente na sociedade portuguesa como as que resultam do crescente número de cidadãos portugueses que procuram melhores condições de vida noutras paragens.

Para consultar o programa clique aqui.