Inscreva-se na Newsletter

Inscreva-se na nossa Newsletter e receba actualizações e notícias da CJP-CIRP no seu e-mail.




Contador de visitas

mod_vvisit_counterHoje527
mod_vvisit_counterOntem609
mod_vvisit_counterEsta semana2755
mod_vvisit_counterÚltima semana3029
mod_vvisit_counterEste mês8085
mod_vvisit_counterÚltimo mês10312
mod_vvisit_counterTotal438108

Visitantes Online: 9

Login

O debate e a realidade sobre os refugiados Versão para impressão
Quinta, 23 Junho 2011 20:38

O debate e a realidade dos refugiados na Europa

ACNURAssinalando o Dia Mundial dos, o Alto Comissário nas Nações Unidas para os Refugiados, António Guterres, apelou à Europa para continuar a ter as portas abertas aos refugiados.

guterres-lampedusa

Guterres referiu que o debate na Europa sobre a imigração não corresponde à realidade. Falando aos jornalistas disse que "Obviamente para uma pequena ilha como Lampedusa, receber um tão elevado número de gente constitui uma enorme pressão. Mas para a Europa no contexto global isto constitui uma gota no oceano e assim eu acredito que com uma adequada forma de solidariedade este desafio pode ser ultrapassado."

Lampedusa, com uma população residente de 6.000 habitantes, foi nesta primavera inundada por ondas de refugiados fugindo da agitação social na Tunísia, com cerca de 20.000 pessoas chegadas à ilha, que fica mais perto da África do que da pátria que é a Itália. Agora continuam a chegar os barcos da Líbia e os refugiados eventualmente enviados para centros de retenção na Itália ou enviados de volta para casa quando não o conseguem o estatuto de refugiados.

refugiados3.2011O Papa Bento XVI, enquanto visitava a minúscula República de São Marino - localidade fundada nos começos do século quarto por um refugiado cristão da Croácia - apelou aos países para acolherem os refugiados enquanto tiverem necessidade de uma protecção, dizendo: "Eu convido as autoridades civis e toda a pessoa de boa vontade a garantir o acolhimento e dignas condições de vida aos refugiados até que eles possam regressar à sua pátria em liberdade e em segurança".

Era acompanhado por Angelina Jolie, Embaixadora da Boa Vontade do UNHCR, que agradeceu aos residentes de Lampedusa dizendo: "Vós não podeis imaginar o que vós representastes para estas pessoas que durante este ano andavam desesperadamente à procura de ajuda".